LancamentoColetanea BannerWEB 07

agencia de noticias

Cabo Verde tem uma única agência de noticias, a INFORPRESS, que muito recentemente incorporada, por fusão, a Radiotelevisão de Cabo Verde através do decreto-lei nº 53/2015 de 24 de Setembro, designada atualmente de RTCI, S.A.

Para além desta incorporação a agência de noticias, como a conhecíamos por INFORPRESS foi criada em 1997 na sequência da extinção da CABOPRESS no mesmo ano, criada em 1984.

 

DIA MUNDIAL DA RADIO 3Este ano, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura-UNESCO celebra o dia 13 de Fevereiro, Jornada Mundial da Rádio, com o tema principal: “A rádio em situação de urgência e de catástrofes”.

Em Cabo Verde, o dia foi assinalado com um debate radiofónico em que foram discutidos as seguintes questões: 1 - “A situação de urgência ou de catástrofe não deve jamais pôr em causa a liberdade de expressão e nem a segurança dos jornalistas - Até onde vai a liberdade de expressão em situações de catástrofe natural? 2 - O acesso imediato às frequências de rádio é essencial para salvar vidas e essas frequências devem ser protegidas em situações de catástrofe - Qual o papel das Rádios Comunitárias nessas situações? Esse papel é reconhecido pelas Entidades?

Também, no âmbito da comemoração do Dia, foi realizado no dia 8 de Fevereiro um workshop, promovido pelo Serviço Nacional da Protecção Civil para radialistas em que o objectivo foi informar e sensibilizar as rádios na gestão de situações de urgência e catástrofe.

A Direcção-Geral da Comunicação Social, DGCS, surge na Orgânica da Chefia do Governo através do Boletim Oficial de 29 de Outubro de 2001. A DGCS é o órgão que executa o programa do governo para o setor da Comunicação Social. Além de colaborar na definição e avaliação das políticas para a Comunicação Social a direcção execute-as.Entre outras funções, executa, também, as medidas respeitantes a aplicação dos sistemas de incentivos do Estado à Imprensa Privada; promove a divulgação de informação e sensibilização dos agentes do setor tendo em vista a observância da legislação aplicável; colabora com as autoridades competentes na fiscalização da lei no exercício das atividades de edição de publicações periódicas e de radiodifusão sonora e televisiva e propõe medidas no sentido de cumprimento das exigências impostas pela legislação vigente para o setor; promove iniciativas conjuntas e apoia outras entidades interessadas na realização de investigações, estudos, inquéritos e demais trabalhos sobre os temas de comunicação social.

A DGCS compreende dois serviços: o de Meios de Comunicação Social e o de Cooperação e Assuntos Internacionais. O serviço de Meios de Comunicação Social entre outras funções organiza e mantem atualizados os registos dos incentivos atribuídos pelo Estado ao setor, enquanto o Serviço de Cooperação e Assuntos Internacionais estabelece o intercâmbio regular com as entidades estrangeiras com vista à recolha e atualização de informação relevante para a prossecução das competências da Direcção-Geral da Comunicação Social, entre outras competências.